“Faltam 88 dias”

Imagem 082

Essa foi a frase que ouvi da minha mãe hoje assim que acordei. Na realidade faltam 90, mas isso é apenas um detalhe frente a quantidade de sentimentos que estão envolvidos nesse “bom dia”. Ainda daqui, imagino que a saudade e a falta da companhia da minha família e dos meus amigos serão as minhas maiores dificuladades. Alguma sugestão para minimizá-las?

10 Comentários

Arquivado em Pré-viagem

10 Respostas para ““Faltam 88 dias”

  1. Mirella

    Thi,
    Dicas para amenizar a saudade da família (apesar não ter ficado tanto tempo longe dos meus, sou tão apegada a eles como você e imagino que essas atitudes possam ajudar):
    1) Passe o maior tempo possível junto deles antes de embarcar para sua nova experiência.
    2) Deixe-os munidos de todas as tecnologias possíveis para que seja mais fácil a comunicação de lá pra cá, e vice e versa.
    3) Leve fotos, vídeos, travesseirinho e tudo mais que te remeta a sua casa. Até o cheiro ajuda a matar a saudade.

    Enfim… espero ter ajudado.
    Bjs
    Mi

  2. gabi(bocão)

    eu tenho,Cachitos!!..
    Ano passado passei por isso..hoje,faz UM ANO que voltei pro meu povo!..

    AS DICAS SÃO:

    Fazer amigos brasileiros,que tu vais ver que parecem aqueles amigos de infância e aprender muito com eles tb,não só a língua,mas como se locomover,lugares pra ir..essas coisas..
    Buscar nunca ficar só em casa,ao menos no começo.
    Fazer muitas amizades e turistar o máximo possível.
    Quando se tá lá,no frio e volta-se pra casa..pense numa saudade que bate.
    Mas EU,antes de viajar,fiz o seguinte..CURTI TODAS AS FESTAS com meus amigos,fiquei muiiito tempo com a minha família..pq te dará uma base grande,pra vc aguntar os primeiros dias.
    Mas,cuidado..pq essa onda de falar sempre no msn,pode não te ajudar a aprender a língua.
    Se vc gostar de filmes,assista todos e com legenda em inglês,no começo..pra vc adaptar seu ouvido. Depois,tenta ver,sem legenda e assisti muito Tv,ler jornal..isso vai te ajudar!

    NO MAIS,a saudade é grande no começo,depois acostuma um tiquinho..

    Meu conselho é..APROVEITE TODOS OS SEGUNDOS..pq passa rápido e é uma experiência linda e única.
    Absorva tudo,aprenda com esse “novo mundo”..a crescer,amadurecer e aprender sempre mais!

    Boa sorte,meu anjinho!.
    Precisando,tamos aqui,sempre!
    Beijo grande.

  3. Bocãouououou, tu és fera demais.
    Veleu muito pelas dicas!
    Prometo segui-las!!!
    Bjão

  4. Leyla

    Figurinha !

    Não procure em Dublin coisas de Recife. Não compare. Enfim, viva Dublin. Viva a Europa ! Se aventure na culinária dos locais, converse com as pessoas na rua se possível, frequente os lugares que as pessoas que moram lá vão.

    Fuja dos guetos de brasileiros. Estar na maior parte do tempo em contato direto com os nativos é super importante para a fluência da língua.

    Pra mim pelo menos é uma delicia ser anônima por um tempo. Ninguém espera nada de você e você também não espera nada deles. TUDO é novidade. É uma sensação incrível !

    Esta experiência de intercâmbio cultural é o maior bem que você pode dar a si mesmo.

    Mochilar é tudo o que há. Aventure-se por todos os lugares que for possível visitar. Não volte com nenhum centavo. Reverta tudo o que ganhar lá em viagens. Até as cidadezinhas mais simples tem muito a oferecer e lhe ensinar.

    Pela experiência que tive com 16 anos de fazer intercâmbio proporcionada pelos meus pais e de por minha conta ir pra Espanha com 25 anos, além de 2 mochiladas pela zooropa estou certa de que este é um dos mais importantes “bens” que quero proporcionar ao meu filho – o gosto por aventurar-se a conhecer o mundo, outras culturas. Sair da asa dos pais desde cedo. Claro, sem nunca cortar vínculos saudáveis com a familia e os amigos daqui.

    Levar uma fronha com o cheiro da sua casa é um aconchego. Falar no skype também MAS 1 ano passa rápido e eu indico que você não fique tão ligado as coisas daqui. Você vai voltar e tudo estará no seu lugar como você deixou.

    No mais, estou MUITO feliz com a sua conquista e sempre que puder vou bisoiar suas aventuras por aqui.

    SUCESSO ! Você já é prodígio. Depois desta ninguém mais lhe segura rsrsrs.

    Leyloca : )

  5. Uau Leyloca! Que beleza de comentário.
    Dá vontade de imprimir esses comments de vocês e colar na parede do quarto pra eu não esquecer o que devo fazer.

    Obrigadíssimo pelas palavras.

    E eu não sou prodígio não. És tu que gostas de mim. E eu de tu. =) Bjão!

  6. Thiago,

    – Viva o momento;
    – Não compare o que está vivendo com o que deixou pra traz;
    – Registre TUDO, lugares, pessoas, principalmente suas emoções, assim vc descobrirá o que lhe deixa pra baixo e passa a evitar;
    – Tenha a tecnologia com companheira de viagem para está sempre em contato com todos, mas lembre-se daqueles que não tem tanta facilidade com eles (avós, por exemplo);
    – Quando a saudade parecer insuportável, lembre-se do quanto você está ganhando;
    – Tudo na vida tem um preço e um ano passa rápido;
    – Ficaremos com saudades, mas também muito orgulhosos de vc.

    Te amo!

    • Valeu pelos conselhos, Tia. Muito bons!
      Também sentirei muitas saudades de vocês, mas o mais importante é que em breve estarei aqui para matá-la e compartilhar com vocês toda a experiência adquirida.

      Bjão e também te amo.

  7. Márcia Nascimento

    Filho querido,
    Como é lindo e sofredor saber que vc cresceu e quer voar com suas próprias asas. Essa vontade de morar fora é antiga porém nunca acreditei que terias coragem, doce ilusão essa minha né Gaugo pq para quem tem um perfil inquieto e com tanta sede de conhecimento como vc morar ai do outro lado do oceano será apenas mais um capitulo na história da sua vida. As vezes fico pensando… como vai ser minha vida longe do meu amigo, conselheiro, incentivador… e as nossas conversas?
    Como vc costuma dizer (acho que vai embassar).
    Mas, é isso aí MEU FILHO vá em frente lute pelos seus sonhos e vença todos os desafios que com certeza a vida vai te oferecer e eu, vou ficando por aqui rezando, torcendo pelo teu sucesso e pedindo a Deus que te abençoe e proporcione tudo de melhor que o mundo (literalmente) tem a oferecer.
    Amo tú ví Gaugo.
    Mãenha.

  8. Não vai embassar nada, Mainha. Sempre estarei por perto independente da distância.

    Um bjão!
    Também te amo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s